BA&N
Research Unit.

CGD entre os líderes europeus no combate às alterações climáticas

19 Maio, 2021

A Caixa Geral de Depósitos está entre as 300 empresas, na Europa, que lideram o combate às alterações climáticas, de acordo com o Ranking “Europe’s Climate Leaders 2021” divulgado pelo Financial Times.

A CGD é a primeira instituição financeira presente no ranking entre três empresas nacionais que integram o índice.

De acordo com o referido ranking, a CGD reduziu em 8,5% as emissões entre 2014 e 2019 em função do crescimento das suas receitas. Em termos de intensidade de emissões por cada milhão de euros de receitas, a CGD emitiu 13,1 toneladas de gases de efeito de estufa, tendo reduzido as emissões em 30,3% naquele período.

A Estratégia de Sustentabilidade representa o compromisso da Caixa no âmbito do desenvolvimento sustentável, um investimento no futuro dos seus ativos, orientação para a criação de valor para os seus clientes e colaboradores, através da redução dos impactos ambientais. No combate às alterações climáticas a CGD definiu um programa de baixo carbono que integra medidas de mitigação e adaptação às Alterações Climáticas, alinhado com o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável #13 – Ação Climática.

A Caixa reconhece que, ao promover uma gestão sustentável dos seus recursos, assente em princípios éticos e de responsabilidade económica, social e ambiental contribui para a evolução social e económica dos cidadãos, das famílias e das empresas e para o futuro de Portugal.

Neste contexto, a Caixa rege-se por uma estratégia de Sustentabilidade assente em três pilares de atuação: Negócio responsável, responsabilidade social e responsabilidade ambiental.

A instituição está igualmente comprometida em cumprir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas, tendo como ODS prioritários: a erradicação da pobreza (1), o trabalho digno e crescimento económico (8), a redução das desigualdades (10), a criação de cidades e comunidades sustentáveis (11), a ação climática (13) e a paz, justiça e instituições eficazes (16).

Últimas Publicações