BA&N
Research Unit.

NOS e Benfica transmitem primeiro jogo de futebol em 5G

6 Maio, 2021

Depois de ter transformado o Estádio do SL Benfica no primeiro Estádio 5G em Portugal, a NOS e a Benfica TV realizam a primeira transmissão televisiva de um jogo de futebol em 5G, o SL Benfica vs FC Porto, com o objetivo de demonstrar o potencial da nova geração de comunicações móveis e a robustez tecnológica do estádio.

O clássico da Liga NOS SL Benfica - FC Porto, que tem lugar hoje, vai ser assim o primeiro evento desportivo realizado em 5G, em Portugal. A transmissão televisiva será feita com recurso a quatro telemóveis 5G, duas microcâmaras e duas câmaras profissionais também equipadas com 5G, que vão trazer inovação para o processo de realização e produção da emissão. A introdução do 5G no jogo mostra como será o futuro do broadcasting, ao tornar toda a operação mais leve e sustentável, eliminando a utilização de recursos técnicos, como servidores e cabos de ligação e de rede.

Adicionalmente, do ponto de vista do espetador que estará a acompanhar o jogo em casa, a transmissão em 5G vai acrescentar uma camada imersiva ao jogo, permitindo maior diversidade de planos, com imagens captadas a partir de ângulos até agora inacessíveis. Isto porque, graças ao 5G, equipamentos mais pequenos e ágeis, como telemóveis e microcâmaras, podem agora ser utilizados em transmissões profissionais, alargando o leque de possibilidades de filmagem.

As características únicas oferecidas pela rede 5G, como mais velocidade, mais conectividade, mais fiabilidade e menos latência, vão ainda permitir aos adeptos assistir a tudo o que se passa no campo em tempo real, sem falhas, atrasos ou cortes.

Para além da transmissão dos 90 minutos de jogo, o 5G da NOS vai ainda enriquecer a experiência televisiva através da transmissão dos momentos que antecedem o jogo, a antevisão da partida e o aquecimento dos jogadores, bem como os momentos pós-jogo, com entrevistas aos jogadores e treinadores – tudo com recurso à tecnologia mais disruptiva do século.

A operacionalização deste inovador momento televisivo exige a mobilização de uma equipa de cerca de 50 pessoas da NOS e do SL Benfica, e também de uma vasta equipa de transmissão, operadores e assistentes de produção da Benfica TV e da MEDIALUSO.

Últimas Publicações